• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Parceiros
  • Resenhas
  • Contato
  • Boneco de Pano - Daniel Cole - Editora Arqueiro!!!


    Olá Pessoal, tudo bem?

    Depois de alguns problemas pessoais voltei, espero que gostem!!







    William Oliver Layton-Fawkes, também conhecido como Wolf (Lobo) é um detetive de uma competência inquestionável, mas que possui um passado conturbado. Há quatro anos foi afastado de suas funções, pois houve um caso que ele investigou e o assassino foi absolvido, desta maneira, revoltado, Wolf acabou tentando matar o monstro com as próprias mãos, pois sabia que este cruel criminoso voltaria a atacar, mas foi impedido e, como previsto, foi atacado pela sociedade por seu ato, tendo que ser internado em clínica psiquiátrica.
    O assassino é Naguib Khalid, O Cremador, um serial killer que 27 vítimas em 27 dias, todas elas prostitutas entre 14 e 16 anos, que foram queimadas ainda vivas. Claro que depois de absolvido o assassino voltou a matar e todos que interviram naquele caso horrendo souberam que foram tão culpados como o próprio assassino, a Polícia Metropolitana de Londres fora duramente criticada, mas quem sofreu duramente com tudo isso e que acabou servindo de bode expiatório foi o detetive Wolf.
    Depois de passar por essa turbulência profissional e pessoal, Wolf é liberado da clínica psiquiátrica e volta a trabalhar, logo ele se depara com um caso sinistro e assustador, um cadáver contendo partes do corpo de outras seis pessoas foi encontrado. A visão do cadáver é horrível e intrigante, mas o que deixou Wolf assustado e perturbado foi outra coisa, o cadáver bizarro apontava para o apartamento dele que se situava do outro lado da rua. Enquanto a polícia trabalha para identificar as vítimas do caso intitulado de Boneco de Pano através das partes costuradas, o assassino envia para Andrea Hall, ex- mulher de Wolf e repórter, as informações de seus próximos passos. Ele vai montar outro "boneco" e fornece para Andrea além das fotos do primeiro boneco, uma lista com o nome das próximas seis vítimas e a data de suas mortes, para piorar ainda mais a situação, Wolf é o último da lista.
    Agora Wolf vai se juntar à equipe de polícia nessa corrida contra o tempo para proteger as próximas vítimas e, também, colocar o assassino atrás das grades, mas ele também precisa salvar a própria vida. Será que esse serial killer vai conseguir executar o seu plano, e o que teria contra Wolf?
    A narrativa é em terceira pessoa, no presente e ainda contém alguns poucos flashs do passado do detetive Wolf, onde faz com que o leitor tente desvendar todo o mistério envolto dessa trama, personagens interessantes como o detetive Edmunds, que para mim é o melhor da história, é extremamente inteligente e o principal responsável pelas grandes descobertas de toda a investigação, a detetive Emily Baxter (ex-parceira de Wolf), tem problemas com bebidas. Finlay só consegue pensar na aposentadoria, mas é um amigo fiel, esses e outros tornam a trama ainda mais interessante.
    O autor Daniel Cole conseguiu no seu livro de estreia criar uma trama instigante e diferente, mas confesso que esperava mais, não crio expectativas para nenhum livro, mas por todo o burburinho que esse livro causou e pela premissa, ficou um gostinho amargo, o livro não é ruim e não me decepcionou, mas queria muito mais.
    O livro também aborda o papel da mídia nas investigações, que na maioria das vezes é sensacionalista, a sede da notícia em primeira mão, sem pensar a quem possa prejudica. Os dramas pessoais que podem afetar o lado profissional são pontos em destaque, a leitura flui bem e a capa é bem criativa e apesar das ressalvas recomendo para os fãs de romance policial.







    Segue abaixo a sinopse do livro: 







    Sinopse: Boneco de Pano - Daniel Cole







    VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.

    O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.

    Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.

    Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.
    Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.





    13 comentários :

    1. Oi, Marco!!!

      Eu também gostei desse livro, mas o achei bem previsível no mistério do assassino e das mortes. Achei essa parte mais fraca.

      Só não me incomodou tanto porque gostei muito de todos os personagens e a maneira como o autor criou os relacionamentos entre eles. Acho que o que ficava esperando para descobrir na verdade era sempre como a vítima se ligava ao Wolf (porque já dá para sacar isso desde o começo).

      De uma forma geral, eu gostei dos personagens imperfeitos e problemáticos. Hahahaha
      Mas concordo com você. Edmunds é o que mais surpreendeu! Adorei a decisão dele no final também.

      Bjs!!

      http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    2. Oi Marco, tudo bem?
      Eu participei da ação que a Editora Arqueiro promoveu em torno deste livro, e foi uma delícia de experiência. Lá eu ganhei o livro, mas apesar do burburinho em torno dele, e de gostar de tramas policiais, ainda não consegui ler. Gostei da sua resenha porque me deu uma ideia do que me espera na leitura.
      Que bom que você retornou ao blog e espero que já esteja tudo bem com você.
      Abraço.
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
    3. Parabéns pela resenha Marco! Estou ansiosa para ler Boneco de Pano e espero não me decepcionar. Abraço!

      www.newsnessa.com

      ResponderExcluir
    4. Oi, Marco!
      Eu vi muita resenha positiva desse livro. Ainda não vou ler por agora, mas deixei anotadinha a dica.
      Beijos
      Balaio de Babados
      Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

      ResponderExcluir
    5. Olá, Marco.
      Acabei me decepcionando um pouco com esse livro também. Esperava mais do final dele. Achei que a trama foi muito bem, mas no final deu uma mudada e acabou bem decepcionante. Mas vale a pena a leitura.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    6. Oi Marco! eu ainda não li, mas é bom alinhar as expectativas rs apesar das ressalvas eu ainda quero conhecer a narrativa do autor.

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    7. Marco!
      Achei parecido com O colecionador de ossos, embora não seja tão inteligente quanto ele.
      Tenho mesmo lido muito boas resenhas do livro e um bum de que ele é muito bom, acredito que sua resenha foi a mais 'verdadeira', digamos assim, porque falou realmente sobre sua decepção com o livro e do final que não é lá essas coisas.
      "...Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante..."(Paulo Coelho)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

      ResponderExcluir
    8. Que baita resenha, o legal de ler várias é que cada um coloca sua visão contando a mesma historia de uma maneira diferente.Este livro vem chamando minha atenção desde a primeira vez que ouvi sobre ele e a cada nova resenha isso só aumenta. Parabens!!

      ResponderExcluir
    9. Tenho visto muitas resenhas positivas e negativas a respeito deste livro, e confesso que por aborda um gênero que não costumo ler acabo que não me sinto interessada em ler a obra, até porque como você mesma disse, acabou não superando suas expectativas, a obra tinha um potencial da qual não foi fortemente desenvolvida, deixar a desejar.

      Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    10. O livro conter uma trama bem narrada, e com um crime bem incomum!! O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, tem a oportunidade de trabalhar no caso e tentar descobrir quem é o assassino, uma vez que o mesmo está prestes a agir, e o nome de Wolf está na lista das seis próximas vítimas!! Já quero ler!!

      ResponderExcluir